Tesouros do Brincar

Nós guardamos memórias sobre diferentes brinquedos e brincadeiras, sobre as pessoas que compartilhavam essas brincadeiras conosco e sobre os lugares que esse brincar ocupou em nossas infâncias. Essas memórias, algumas vezes são materializadas em objetos, fotos, filmagens e outros tesouros que permitem que elas sobrevivam ao presente.

Com base nessas considerações, a ação Tesouros do brincar mobilizou profissionais das unidades, bem como famílias das crianças, nos meses de novembro de 2015 a fevereiro de 2016, para compartilharem seus tesouros, suas riquezas, seus bens mais preciosos relacionados ao brincar.

Conheça alguns tesouros do brincar, juntamente com narrativas que contextualizam tais tesouros:

Da esquerda para a direita as pessoas são: Ursela Arendt (minha tia), Hans Friesen (meu pai -  in memorian) e Valentina Arendt (minha tia). Os pais destas pessoas vieram da Alemanha ainda pequenos em situação de guerra. Estavam "brincando de viajar", coisa típica de imigrantes da época.

Brigite Friesen – Professora do CMEI São José Operário (NRE BQ)

                                            

                                                               Bairro Vila Guaíra - 1955

Lembrar da minha infância significa mexer numa série de sentimentos, alegrias e felicidades. Fui muito feliz e realizada, brinquei muito. Lembranças boas da época de andar de bicicleta com as minhas amigas vizinhas apostando corrida. Quantos piqueniques deliciosos que mamãe fazia para que pudéssemos comer e brincar de mamãe e filhinha. Adorava lavar roupinhas na tina, assim poderia brincar com água e não esquecer do meu boneco preferido que tenho até hoje: o Pépê.

Rosemeri Fehlauer Eggers – Professora do CMEI Guilherme Canto Darin (NRE PR)

                  

                               

                                                              Bairro Água Verde – 1974

Minha infância foi no bairro Rebouças, na rua Almirante Gonçalves, onde resido até hoje. Era uma rua tranquila e cheia de crianças. Brinquei muito na rua, não havia perigo. Minhas brincadeiras favoritas eram andar de bicicleta, pular corda e elástico e casinha. Também andei no carrinho de rolimã do meu irmão e brinquei de bolinha de gude. Foi uma infância muito feliz. A foto foi tirada em frente a minha casa. Eu adorava esse triciclo que ganhei do meu primo Julio.

Daniela Cristina Igeski Stencel - Diretora CMEI Vereadora Nely Almeida (NRE MZ)

 

                       

                                                                 Bairro Rebouças - 1978

O menino é Giordano Pivatto de Miranda, meu sobrinho. Ele estava brincando de carrinho na areia, na casa da avó Carmelita, no bairro Boqueirão, no ano de 1994.

Rosane da Cruz Miranda - Professora do CMEI São José Operário (NRE BQ)

 

                           

                                                                 Bairro Boqueirão - 1994

Estávamos brincando de roda cotia. Sempre nos reuníamos na casa de um familiar e nesse dia era na casa da minha tia Fatinha, no bairro Xaxim. Os primos sempre unidos, gostávamos muito de brincar juntos. Nesta foto está eu, minha irmã Luscila, minha prima Aline e meu primo Vinícius.

Priscila de Cássia Zeferino Canizella, mãe criança Maria Eduarda Zeferino Canizella do CMEI Edmundo Lemanski (NRE BQ)

 

                         

                                                                   Bairro Xaxim - 1983

Minha infância foi bem feliz e tranquila. Brincava muito com meus primos na casa dos meus avós, onde nos reuníamos todo final de semana. Eu era bem levada e arteira, minha mãe dizia que eu era pior que um piá. Vivia subindo em árvores, sempre brincava na rua com meus vizinhos. Foi uma infância boa, tenho saudades, aproveitei bem cada momento.

Melissa Schebest – Professora do CMEI Guilherme Canto Darin (NRE PR)

 

Bairro Bacacheri – 1984

 

 

Esta foto foi tirada em Curitiba, quando eu tinha mais ou menos 4 anos de idade ambas no quintal de casa. Era um espaço bem grande onde eu reunia a vizinhança para brincarmos de casinha. Na época meu pai construiu uma casinha e tinha os móveis representando uma casa de verdade e minha mãe fazia os lanches e levava para nós e assim ficávamos horas e horas brincando. Brincava também por muitas vezes sozinha o que não deixava de ser divertido tudo dentro do quintal, pois na época o pai não deixava que eu fosse pra rua, então o jeito era sentar na grama e brincar ali mesmo.

Franceli de Paula – Professora do CMEI Cajueiro (NRE TQ)

 

Curitiba - 1982

 

 

Passei minha infância em Curitiba, no bairro Fazendinha. Com os meus pais sempre muito presentes nas minhas brincadeiras, a diversão era garantida. Tínhamos um grande quintal onde eu, meus irmãos e primos podíamos explorar, brincando e soltando a imaginação. Neste quintal havia algumas plantas e árvores e desde muito pequena eu já gostava de desafios, subindo e descendo de todos os galhos que pudesse. Nos finais de semana a diversão era ir na casa de uma tia que morava na Fazenda Rio Grande, e lá, nas cavas de areia, podíamos nos divertir muito, fazendo valer o sentido pleno da infância.

Clebicieli Marçal Bonini de Lima – Professora do CMEI Estrela (NRE PR)

 

Bairro Fazendinha – 1981

 

 

Minha infância foi muito feliz, onde tive a oportunidade de brincar muito e ter brinquedos a minha disposição. Lembro que não tinha crianças para brincar comigo, mas meu pai, sentava e brincava muito comigo. Adorava brincar com ele, pois as brincadeiras eram variadas, às vezes, com muitos brinquedos como bonecas, bolas, casinha; outras vezes, eram na pracinha perto de casa. Passei minha infância em Curitiba, na Vila Guaíra. Uma das bonecas que eu tinha quando criança, ficou guardada até pouco tempo atrás como recordação dessa linda fase que passei.

Deizi Unicki – Professora do CMEI Estrela (NRE PR)

 

Bairro Vila Guaíra

 

 

No tempo em que era criança, nós brincávamos na rua com os primos de esconde-esconde, mãe pega e bolinha de gude. Não ficávamos muito dentro de casa, as brincadeiras eram mais divertidas. Mas de todas as brincadeiras, a favorita era brincar de boneca no quintal, em meio às árvores.

Alana Helen de Amorim, mãe da criança Ana Clara Coutinho do CMEI Vila Lindóia (NRE PN)

 

Bairro Santa Quitéria

 

 

Morava em uma casa com quintal, na região do Cajuru e lá podia explorar tranquilamente o espaço. Nos fundos da casa havia uma pequena churrasqueira com cobertura de telhado de amianto. Lá montava minha casinha de bonecas, com um jogo de mesinha e duas cadeiras de madeira pintadas de azul. Quando conseguia convencer meu pai, nos finais de semana ele montava uma pequena barraca azul com cobertura amarela ao lado dessa churrasqueira. Isso era realmente maravilhoso porque ampliava a minha casinha e lá eu arrumava o quarto das minhas bonecas. Entrava nessa barraca e brincava de dormir com elas. Os dias de chuva eram especiais porque eu podia ficar com minhas bonecas dentro da barraca e não me molhava.

Shirlei Massaneiro – Professora do CMEI Vila Macedo (NRE CJ)

 

Bairro Cajuru

 

 

As duas crianças são amigas (vizinhas) e adoravam brincar de “meninas super poderosas”. Corriam tanto e tão rapidamente que achavam que iam voar literalmente. Brincavam no pátio interno da residência no bairro Santa Quitéria em Curitiba.

Sandra Emilly Barbosa – Professora do CMEI Conjunto Cananéia (NRE CIC)

 

Bairro Santa Quitéria - 2005

Nas instituições de Educação Infantil de Curitiba, também encontramos alguns Tesouros do Brincar:

Essa imagem foi tirada na semana da criança em outubro de 2005 em um evento na Vila Tecnológica, onde participaram todos os CMEIs da Regional do Bairro Novo. Essa foto retrata um momento de brincar livre das crianças que estavam rolando na grama.

Eliane Jarosz – Pedagoga do CMEI Rio Negro (NRE BN)

 

                         

                                                                  Bairro Novo - 2005

A foto retrata um passeio realizado no Parque Barigui como proposta pedagógica de conhecer os parques de Curitiba. Neste dia fizemos um churrasco com as crianças do pré no parque, passamos o dia lá. Todas as crianças desta foto já estão adultas.  Realizávamos mensalmente estes passeios, era muito bom e proveitoso.

Sonia Valeria Scutlarek Fereira – Ex-diretora do CMEI Lygia Carneiro (NRE SF)

 

                        

                                                                    Parque Barigui – 1999

Essa foto foi tirada em 1998 na turma de Jardim II. Retrata um jogo de futebol feminino realizado na calçada do CMEI.

Maria Aparecida Borges de Almeida – Diretora do CMEI Conjunto Araucária (NRE BQ)

 

Bairro Alto Boqueirão – 1998