Sábado Pedagógico

          Com o objetivo de promover a formação dos professores, a Prefeitura Municipal de Curitiba prevê em calendário sábados pedagógicos, onde são realizados estudos de textos, discussões e reflexões, afim de que haja melhorias em todo trabalho realizado, visando o desenvolvimento das nossas crianças.

                                         

          No sábado (29/07) os professores do CMEI Cj. Nossa Senhora da Luz II tiveram a oportunidade de fazer novas reflexões sobre o conceito de estereótipos. Estudaram o texto “A visualidade no contexto educativo da infância: um diálogo sobre estereótipos” de Solange Gabre, repensaram suas ações pedagógicas e vivenciaram técnicas de trabalho que oportunizam as crianças a criarem de acordo com sua individualidade.  

  

  

         

          Para iniciar o trabalho, foi solicitado que os professores desenhassem uma casa, uma árvore e um sol. Nas produções abaixo é possível perceber que a grande maioria tem internalizado a mesma imagem estereotipada: a casa em formato quadrado com telhado triangular, a árvore com seu tronco grosso e as folhas em formato de “nuvem”. Essa é uma construção cultural criada desde que somos muito pequenos, que geralmente não condiz com a realidade da casa de cada um. O trabalho com estereótipo vem com o objetivo de ultrapassar essa barreira, criando um repertório maior de imagens, trazendo a individualidade e realidade de cada criança.

 

  

          Finalizando os estudos e reflexões, foram apresentadas alternativas de produções contidas no Caderno Pedagógico de Arte, onde os professores tiveram a oportunidade de vivenciar diferentes técnicas como sugestão de trabalho.

 

EXPRESSÃO BIDIMENSIONAL

          Fugindo um pouco do convencional “desenho com lápis de cor”, foi feita a sugestão de observação de uma árvore da nossa unidade, registrada com palito de dente utilizando tinta nanquim.

         

         

 

 

DESENHO COM INTERFERÊNCIA

          Essa proposta tem como objetivo de estimular a imaginação e criatividade. Nesse caso, foi disponibilizado uma folha a qual já continha um traço e as criações contaram com o olhar individual.

 

           

 

 

EXPRESSÃO TRIDIMENSIONAL

          Para estimular a sensibilidade do tato afim de que as crianças desenvolvam a percepção espacial na sua totalidade, são disponibilizados materiais diversos afim de que haja experimentação, promovendo aprendizagens. Nessa proposta, ao se observar no espelho, os professores utilizaram massa de modelar para se representar.

 

    

          A partir do estudo do texto e as discussões em pequeno e grande grupo, foi possível perceber as reflexões dos profissionais referente ao seu trabalho, repensando as atividades já realizadas, bem como a troca de experiência e construção de novas propostas que sejam livres de estereótipos.