Projetos e Programas - Porto Belo, Centro Municipal de Educação Infantil

Programa Mama Nenê

Uma iniciativa das Secretarias Municipais da Educação e da Saúde que, desde seu surgimento, em 2007, tem incentivado o aleitamento materno entre as mães que matriculam seus bebês nas creches. No CMEI reservamos espaço na sala de permanência para que as mães possam amamentar seus filhos com conforto e privacidade. Caso isso não seja possível, elas são orientadas a armazenar o leite e deixa-lo no CMEI. Para que tomem conhecimento deste programa, logo que matriculam o bebê, são orientadas quanto a amamentação e armazenamento do leite. Se sentirem dificuldades ou mostrarem-se relutantes ao aleitamento, sugerimos que entrem em contato com a Unidade de Saúde para orientações mais específicas sobre a relação existente entre a alimentação saudável e a saúde do bebê. Para maiores informações acessar a Cartilha de orientações aos pais sobre a alimentação infantil, 2º edição, 2001 aqui.

 

Rede de proteção à criança e ao adolescente em situação de risco para a violência

Criada no ano de 2000, a rede tem como principal objetivo proteger a criança e o adolescente da violência doméstica, sexual e das situações de risco para a violência. Para participar deste programa temos, a cada ano, um profissional da unidade responsável (geralmente a diretora) por participar de reuniões regulares nas quais os casos das crianças com risco para a violência são analisados e discutidos. Cabe à todos os profissionais que atuam no CMEI a notificação da suspeita ou confirmação de violência para esta profissional do CMEI que integra a rede, para que sejam tomadas as medidas cabíveis. Integram a Rede de Proteção Profissionais que trabalham em diferentes setores da Prefeitura Municipal de Curitiba e profissionais de diversas instituições governamentais, organizações não-governamentais e sociedades científicas.

 

Sinais de alerta

Lançado em 2005 pela Secretaria Municipal da Educação, o programa tem por finalidade a constatação e prevenção de doenças e possíveis deficiências ainda na primeira infância e, com isso, as intervenções necessárias, pois “O AEE na educação infantil é fundamental para que as crianças, desde os seus primeiros anos de vida, usufruam da acessibilidade física e pedagógica aos brinquedos, aos mobiliários, às comunicações e informações, utilizando-se da Tecnologia Assistiva como uma área que agrega recursos e estratégias de acessibilidade.” (BRASIL, 2015, p. 50). Para o desenvolvimento deste programa no CMEI, disponibilizamos nas salas de referência – tanto para visualização de pais ou responsáveis, quanto para os profissionais do CMEI – os cartazes do programa que trazem os principais aspectos a serem observados nas áreas auditiva, visual, física, mental e comportamental. Utilizamos também um “diário de registro”, sempre que observamos os sinais, para que seja encaminhado a EPA e tomadas as devidas providências.

 

Conhecer para prevenir

A Defesa Civil em parceria com a Secretaria Municipal de Educação vem, com este programa, preparando crianças e profissionais para o enfrentamento de situações de emergência, reduzindo o número de acidentes e desastres. Embora exista na prefeitura desde 2005, somente em 2015 iniciamos a implantação no CMEI Porto Belo.

 

Além destes, desenvolvemos outros: integração para o brincar, manhã de jogos, café com cantos e do meu nariz cuido eu.